Páginas

PAIXÃO ALUCINANTE

Paixão alucinante, amor profundo.
Desejos, vibrações, sonhos reais.
Segredos insensatos, infecundos.
Momentos que nos tornam imortais

Fundidos nossos corpos contorcidos
Suados estremecem entrelaçados
Deliram entre gozos e gemidos
Capotam pelas curvas do pecado

Chupões, linguadas doces e molhadas.
Fungadas, pernas bambas arqueadas.
Delírios sensuais mil fantasias

Exaustos nossos corpos se desprendem
Jogados nos lençóis então se rendem
E brindam os momentos de orgia

P0282.2009.11
Copyright © 2009 by Magno R Almeida