Páginas

ENCEFALOPATIA

Acordo e sinto-me um tanto preguiçoso...

é inverno...
manhã fria...

Ligo o meu pensamento...
Ouço um “click”...

Fecho os olhos e trinco os dentes
tentando morder minha mente
para sangrar todas as lembranças
que ainda restam de ti

P0216.2008.07
Copyright © 2008 by Magno R Almeida
Continue Lendo... ››

Gestão Empresarial - Situação 1


Um rapaz vai a uma farmácia, pede três preservativos e comenta com o farmacêutico:

Minha namorada me convidou para jantar esta noite na casa dela. A irmã da minha namorada é muito gostosa, vive cruzando as pernas na minha frente. Acho que também quer me dar...Alem disso, a mãe dela também é boa pra caramba e vive se insinuando, deve ser mal comida,  e como eu hoje vou jantar lá na casa delas...sabe como é...papo vai, papo vem...quem sabe?

O farmacêutico nada fala e o rapaz vai, alegre e satisfeito, para a casa da namorada. Na hora do jantar, o rapaz está sentado à mesa com a namorada ao lado, a mãe e a irmã à frente.  Neste instante entra o pai da namorada. O rapaz baixa imediatamente a cabeça, une as mãos e começa a rezar:

Senhor, abençoa estes alimentos, blá...blá...blá...Passa-se um minuto e o rapaz continua a oração. Passam-se mais cinco minutos e o jovem continua orando. Todos se entreolham surpreendidos, e a namorada lhe diz ao ouvido: Meu amor, não sabia que eras tão religioso...

E eu não sabia que o teu pai era farmacêutico! Responde o rapaz

Conclusão:
Não comente os planos estratégicos da sua empresa com desconhecidos, porque essa inconfidência pode destruir a sua própria organização. 

Desconheço o autor
Continue Lendo... ››

DESABAFOS

Fim de tarde...
Tarefa concluída...
Corpo cansado...
Alma lavada...
Mente perdida
Coração pulsante
Esperança morta
Saudade viva
Angústia solta
Lágrima contida
Pranto sufocado
Grito abafado
Sombra escondida
Sonho desfeito
Desilusão sofrida
Que vida sem Vida!

P0104.2007.06

Copyright © 2007 by Magno R Almeida
Continue Lendo... ››

FASES DO HOMEM

Amigo preste atenção
nesse cordel de humor
ele mostra que a vida
de todo homem é um horror
comparado aos animais
o homem é um "faz não faz"
preste atenção, por favor

Quando está com quinze anos
o homem se torna sacana
desenha na palma da mão
a deusa grega Diana
não pode ver um buraco
é a “idade do macaco”
só quer descascar banana

Vai levando a vida assim
amando Diana sozinho
mas quando faz vinte e um
começa a mudar o caminho
não quer mais comer alfafa
é a “idade da girafa”
só pensa em comer brotinho

Aos trinta já está pensando
que de tudo já conhece
só pensa na “perseguida”
quando dorme e amanhece
pula que nem canguru
é a “idade do urubu”
come tudo o que aparece

Mas quando chega aos quarenta
escolhe o que quer comer
está na “idade da águia”
curte mais o seu viver
não liga pra concorrência
faz tudo com paciência
só come o que dá prazer

Com cinqüenta ele começa
por a boca no trombone
se gaba do que já fez
quer provar que é muito homem
olha tudo de soslaio
é a “idade do papagaio”
fala muito e pouco come

Aos sessenta fica doido
quando vê uma calcinha
seu coração dispara
fica a pensar na bundinha
faz logo papel de bobo
se veste na pele de lobo
e vai comer a vovozinha

Aos setenta fica triste
ao lembrar que foi macaco
descascou muita banana
hoje é tatu no buraco
seu “bilau” triste também
virou “gato de armazém”
e dorme em cima do saco

Quando chega aos oitenta
não sabe pra onde ir
passa o dia de pijama
só quer saber de dormir
esquece até o amor
ta na “idade do condor”
dói aqui e dói ali

Depois dessa idade ele fica
esperando a hora chegar
briga com todo mundo
não consegue se abaixar
mija se leva um tombo
vive igualzinho a um pombo
cagando em qualquer lugar

Isso é o que o povo fala
na linguagem popular
mas comigo é diferente
eu não sou de amarelar
to na fase dos cinqüenta
e quando chegar aos oitenta
Viagra de cem vou tomar

P0232.2008.07
Copyright © 2008 by Magno R Almeida
Continue Lendo... ››

" PLAGIANDO DRUMMOND "

Carlos beijava Pedro e
Pedro namorava Eduardo
que era apaixonado por Felipe
que não tinha namorado.

Carlos foi presidir um
grupo GLS,
Pedro morreu de Aids,
Eduardo escafedeu-se
e Felipe foi dividir um apartamento
com sua irmã Adriana que,
apesar de ser lésbica,
nada tem a ver com esta história.


Conclusão:
A ociosidade e a falta de inspiração leva qualquer um a escrever um monte de besteiras.

P0168.2008.04
Copyright © 2008 by Magno R Almeida
Continue Lendo... ››

DOIS PRA LÁ...DOIS PRA CÁ

Cambaleante,
pela estrada do caos,
sigo embriagado por sonhos
não realizados...

Para espantar o ócio
tento cantar um "Funk"...
Um "Hip Hop" talvez...

Quem sabe um samba?
ou uma brega sertaneja?

Ah! Se minha vida
fosse um tango de Gardel
ou um bolero cantado
pela doce voz de Elis
talvez a estrada do caos
fosse apenas pura
imaginação do meu ser

"Dois pra lá...Dois pra Cá"

Nota do autor:
Inspirado na canção de João Bosco e Aldir Blanc (Dois pra lá...Dois pra cá)

P0178.2008.06
Copyright © 2008 by Magno R Almeida
Continue Lendo... ››

ACORDA JOÃO!

Acorda João!
O mundo te chama!
Os vampiros do poder
querem o teu sangue

Levanta homem!
Pega o teu chapéu!

Teu filho chora,
tua mulher implora
e com fé pede a Deus
um lenitivo de paz
que possa abrandar
a cólera do teu algoz

Acorda João!
A vida é cruel!
A classe dominante
reclama o teu suor

O poder insano dos governantes
manipula a tua razão,
esmaga teus sentimentos,
deflora teus ideais
e sequer ouve os teus gritos

Acorda João!
Os lacaios do poder
querem te matar
Os soldados do "Rei" estão chegando
Tua única chance é brigar
Pega o Título de Eleitor
E vai lutar!

P0218.2008.07
Copyright © 2008 by Magno R Almeida
Continue Lendo... ››

FANTASMAS DA SOLIDÃO

Fantasmas da solidão
circulam em minha volta,
voam pelo teto e pousam nas paredes...

Vestidos de branco,
não mostram as feições,
apenas gracejam e tentam fazer-me sorrir

Invadem a minha retina
e penetram em minha alma,
aprisionando a minha mente e dominando os
meus pensamentos

Induzem-me a sonhos
nos quais encontro resquícios de saudades
perdidos num álbum de recordações
que guarda lembranças daqueles que já se foram
e outros que não foram,
mas que jamais voltarão.

Fantasmas da solidão...
Sufocam o meu pranto,
enxugam as minhas lágrimas,
abafam os meus gritos

Não andam nem pulam
Bailam graciosamente,
levitando e sorrindo,
tentando fazer-me sorrir

E eu aqui,
de frente para o monitor,
com as mãos no teclado
relembrando o passado,
no aconchego da saudade,
tentando escrever meus versos tortos

Eu e os Fantasmas da Solidão...

P0088.2007.04
Copyright © 2007 by Magno R Almeida 
Continue Lendo... ››

LONGE DOS MEUS PENSAMENTOS

Tão longe estive dos meus pensamentos
Que já não sei escrever poesias
Mas senti falta daqueles momentos
Dos versos tortos que eu escrevia

Mesmo não sendo um craque na escrita
Vou rabiscar meus versos novamente
Não vou deixar a minha alma aflita
Mesmo que o verso seja inconsistente

Com minha pena passo a limpo a vida
Deixo minh'alma no papel despida
Sem me importar com o que vão dizer

No meu conceito a poesia acalma
Relaxa o corpo e acaricia a alma
Por isso então voltei a escrever

P0172.2008.05
Copyright © 2008 by Magno R Almeida 
Continue Lendo... ››

Bruno e Breno

Bruno e Breno formavam um lindo casal gay apaixonadíssimo. Eles se adoravam, tinham bons empregos, viviam juntos em um belo apartamento... Enfim, eram muito felizes.

Certo dia, Breno estava de folga e ficou em casa, enquanto Bruno foi trabalhar. Breno, então, resolve fazer uma linda surpresa para o seu amado.Enquanto Bruno estava no trabalho, Breno foi a procura de um especialista em tatuagens e mandou tatuar duas letras bês (B) enormes, uma em cada nádega. No lado esquerdo, a letra inicial de Breno; no lado direito, a letra inicial de Bruno. Breno achou que isso seria uma prova inequívoca de seu amor por Bruno, pois as iniciais do casal ficariam para sempre gravadas em sua bunda.

Feliz, com as duas letras "B" tatuadas na bunda, uma em cada lado, Breno voltou pra casa, no final da tarde, com a intenção de fazer a surpresa para Bruno. Breno então foi para o quarto, tirou a roupa e, na hora em que ouviu o barulho de Bruno entrando em casa, ficou de quatro em cima da cama, com a bunda tatuada voltada para a porta do quarto, numa posição quase que ginecológica.

Bruno então entrou no quarto, viu aquela bunda tatuada virada pra ele e parou, estupefato, mal acreditando no que via.

Breno, sorrindo, perguntou?

- E aí, amor, gostou?

E Bruno, sem conseguir conter uma lágrima que descia pelo seu rosto, soluçando, limitou-se a perguntar:

- QUEM É BOB, SEU TRAIDOR?

Continue Lendo... ››

A Freira e a Loira


Uma freira estava andando pela rua quando de repente uma loira lhe ofereceu carona.

Muito agradecida, ela aceitou e entrou no carro. Uma reluzente Ferrari vermelha com estofado de couro.

- Que belo carro a senhora tem! Comentou a irmã

- Deve ter trabalhado ardentemente para tê-lo comprado, não é mesmo?

- Não foi bem assim não, Irmã ! Respondeu a loira

- Na verdade eu ganhei de um empresário que dormiu comigo por um tempo!
A freira fica calada. Então, olha para o banco traseiro e vê um belo casaco de vison.
- O seu casaco de peles é muito bonito! Deve ter custado uma fortuna, hein?
- Na verdade não me custou muito. Ganhei por causa de algumas noites que eu passei com um jogador de futebol.
Então a freira não falou mais nada durante toda a viagem. Chegando ao convento ela foi pro quarto e de repente alguém bate na porta.
- Quem é?
- Sou eu! O Padre Osvaldo, querida!
- Vai prá puta que pariu, você e suas balinhas de menta!
Continue Lendo... ››

LOUCURA

"Cadê você, loucura, que um dia me convenceu a ser o que nunca fui e que jamais serei?
Será que estás no consultório do Analista que sempre me deixa em dúvida se o verdadeiro paciente é Ele ou Eu!?"

P0109.2007.06
Copyright © 2007 by Magno R Almeida 
Continue Lendo... ››